atendimento@grupoecf.ong.br
+55 16 98870 0154
Rua Amazonas, 265 Campos Eliseos Ribeirão Preto SP
Fio de Contas Parte II
Home » Textos Diversos  »  Fio de Contas Parte II
Fio de Contas Parte II
Estudo

FIO DE CONTAS/CORDÃO DO SANTO/GUIA DE CONTAS – uso e necessidade (PARTE II)

QUANTAS GUIAS O MÉDIUM PODE TER? quantas a entidade que guia o seu templo e que orienta seu rito, lhe indicar, podendo ser nenhuma ou podendo ser várias, quantas forem.

QUANTO MAIS GUIA, MELHOR O MÉDIUM É? não, não se tem relação com a quantidade de guias no pescoço, a respeito da faculdade do médium e sua disposição, pode inclusive, isso elevar o sinal de vaidade do médium, conquanto ele por si só acredita, que é o número de voltas que uma guia dá e quantas guias carrega consigo, que o eleva para o trabalho mediúnico, mas isso não é verdade.

POSSO FREQUENTAR A UMBANDA SEM USO DE GUIA? pode, porém se a casa em qual frequenta e lhe cede espaço para desenvolvimento, tem em seu rito, o uso de guia, é fundamental que se mantenha este respeito, e que você, não só na sua vestimenta, mas em todo o seu aparato para o exercício da função, tenha conforme é a relação da casa com a umbanda ali proposta.

____ A fé, precisa ser necessariamente, um vínculo do exercício mental de ligação com o divino, sem que se tenha em sua plenitude, o uso de elementos materiais de auxílio. Lembremos sempre da meditação de Jesus no Monte, sempre que ele desejava se conectar com pureza a Deus.

Jesus, em sua grandeza, tinha apenas a própria companhia e a túnica que lhe vestia.

Todo o resto ele já possuía no coração, e ainda que ele possuísse instrumentos materiais, ele sempre frisou que seria necessário a vigília e a oração.